Como Ranquear Bem Meu Site Nos Buscadores?

Como Ranquear Bem Meu Site Nos Buscadores?

 

Funcionalidades – RD Station

Otimização para Buscadores (SEO). Clientes em potencial visitando seu site, sem gastar com anúncios para atraí-los. A partir de uma análise criteriosa do seu  …

buscadores seo

Buscadores são a porta de entrada principal de qualquer website que queira aparecer no mundo virtual. Diante de tanta concorrência, hoje, mais do que nunca, é necessário que sejam observadas regras básicas de estruturação de websites e conteúdos, para uma boa presença online.

A maioria dos websites no mundo, são rastreados pelos buscadores, mas dependendo da forma que são estruturados, muitos sequer aparecem ou tem muitas páginas internas que não são percebidas nessas varreduras.

Existem  vários fatores que contribuem para uma indentificação mais clara do seu website para os mecanismos de busca e é isso que qualquer empresa deve se preocupar, para que seu website possa aparecer para o mercado.

Uma busca orgânica é o processo que permite que os usuários da internet, possam realizar pesquisas na rede através das listagens dos motores de busca, ao contrário do que ocorre com listagens de resultados onde pode constar publicidade paga e anúncios, exibidos entre os resultados de procura. Listas de resultados de busca orgânicas são baseadas na relevância de uma palavra-chave de uma página de um website.

1ª Dica- Entenda Quem É Seu Público Alvo

Para exemplificar como os buscadores trabalham, vamos usar uma analogia que é bem esclarecedora. Imagine que você está em uma biblioteca e que você está a procura de um livro. O processo de busca para esse livro, mais otimizado, é buscar por assuntos, que é normalmente a forma de estruturação de nível mais alto e genérico que uma biblioteca possui e a partir disso ir refinando a pesquisa.

Então, se uma biblioteca não tiver uma estruturação de nível mais básico, que leve em consideração esse indexador de busca, é capaz que você leve mais tempo para encontrar o livro desejado e talvez você desista da busca nessa biblioteca.

De forma muito básica, é o que acontece com o website da sua empresa quando os mecanismos de busca fazem essa varredura.

Até ai nenhuma grande novidade. O que complica o jogo é o fato que além do assunto ter conexão com o público alvo que sua empresa está buscando, temos a relevância deste assunto para o público que está buscando, e é ai que entra uma ação que muitas empresas não tem isso claro.

Quem são os meus consumidores?

Essa definição é o ponto de partida, pois ela enseja várias questões que são relevantes até mesmo na estratégia da sua empresa, pois o questionamento que vem em seguida é:

  • Qual o problema dessas personas ou público alvo minha empresa pode resolver?
  • O que elas querem ouvir e o que é relevante para elas?

Esse é o começo, a pedra fundamental da construção da estratégia de qualquer empresa que queira figurar nas melhores posições.

2-   Palavras-chaves

As palavras-chaves são a medida de correlação que os buscadores fazem, para ver o quanto seu conteúdo fala sobre o assunto, sem ser muito superficial ao ponto de não entregar informação/conhecimento  ou ser redundante ao ponto de causar incômodo para os leitores do seu conteúdo.

3- Cuide das imagens do seu site

As imagens postadas no conteúdo, devem designar exatamente o qua elas representam  no contexto e caso essas não sejam carregadas, que informem para esses leitores a que se refere aquele campo que está no momento em branco com o que é denominado de Alt Tag e mais que informar os leitores, diga aos buscadores o que é aquela imagem que está dentro do seu site, pois os algorítmos não entendem imagens e sim textos.

4- Links Externos

Se o seu conteúdos tem referência em outros sites ou blogs e se esses conteúdos contam com um link redirecionando para a sua URL. Isso é chamado tecnicamente de backlink ou link externo que direciona para o seu site.

Isso é como se uma pessoa estivesse comentando com outras sobre você ou seu trabalho e isso tem um peso enorme, pois quanto mais pessoas falando bem e recomendando seu conteúdo nos seus sites/blogs mais os buscadores entendem que seu conteúdo é relevante.

Não confunda isso com linkbuilding, que para as diretrizes do Google, por exemplo, é passível de penalização. Não pensem que o Google não conhece as técnicas de compras comentários e indicações de outros webistes. Isso é uma técnica repudiada pelos buscadores como Google, Bing, pois isso é um método para inflar uma autoridade que seu site tem e que não é real. Não utilize atalhos, pois eles podemo custar caro.

5- Links Internos

Links internos que podem apontar para conteúdos externos e para outros conteúdos internos também ajudam, pois isso denota para os buscadores, uma diversidade de informações que são de suma importância para os leitores e distribui o peso entre as páginas, ranqueando e expondo mais conteúdos que possam ser relevantes para seus leitores e por estar em seções mais internas, acabam passando desapercebidos pelos buscadores e em suma, pelos leitores.

Um exemplo disso é utilizar links na “Home” que é a página principal em qualquer site, para seções como seu blog, para que você direcione as buscas, dando relevência também para esse conteúdo que não está na primeira página.

6- Site Lento

Cuidado com o peso dos arquivos do seu site no carregamento. Imagens devem ser comprimidas para não deixar seu site com o carregamento lento, pois isso é indicador que é levado em consideração pelos algorítmos dos buscadores.

7- Mapa do Site

Para os buscadores, é condição primária que seu site tenha um mapa da estrutura de conteúdo, pois assim ele consegue indentificar os conteúdos de todas as páginas e isso também é tido como um fator de relevância, pois os buscadores entendem que seus leitores também encontrarão os conteúdos que procuram de maneira mais facilitada.

8- Destaque as palavras-chaves

Utilizar o recurso do negrito e itálico também é importante, pois isso  poderá criar em uma correlação das palavras destacadas com o conteúdo do site. Isso  do ponto de vista do leitor, quebra a monotonia na leitura por uma uniformidade no texto;

9- Cuide da Meta tag

Agora um pouco mais técnico, mas muito importante são as Metas tag, ou trocando em miúdos, são as instruções que devem ser inseridas no código HTML do seu website para que programas externos como os buscadores tenham as informações sobre seu website. Essas informações vão no cabeçalho de cada página (Header) e são lidas pelos buscadores.

10- Publique conteúdos originais

Construa a reputação em cima de conteúdos originais e não se torne repetitivo, pois isso também é classificado pelos buscadores e pela sua própria audiência.

Por último, fica a dica: Construa a reputação da sua empresa com base na qualidade e não na quantidade e a sua estratégia digital  deve também refletir essa máxima, pois você não irá se arrepender. Não utilize as métricas da vaidade, como milhões de seguidores que não compram nada e só curtem sua fanpage ou milhões de acesso através de buscas pagas e que não revertem em vendas. Pense nisso.

Se você gostou do post, compartilhe ou se tem dúvidas, críticas ou sugestões, por favor, não hesite em postar nos comentários logo abaixo.

[MySiteAuditor id=5]

Related Posts

2 Comments

  1. Como conseguir melhores resultados com SEO - Combiz

    […] entender, inicialmente, como o SEO pode contribuir para o desenvolvimento do seu negócio, é preciso saber o que é o seu negócio, […]

    1. marco

      Exatamente,para qualquer ação buscando melhorar o SEO, deve-se partir da análise e entendimento do próprio negócio.

Leave A Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *