banner_oferta_kit_marketing_combiz

Você já ouviu esses termos? Sabe o que significam? Se você não sabe, esse artigo foi feito para você, afinal, você está procurando o melhor desenvolvimento comercial para o seu time não é mesmo?

Primeiramente você precisa entender que o termo skill em inglês significa habilidade, competência.

Dessa forma, podemos entender que o termo Hard Skill significa competência técnica e o termo Soft Skill habilidades subjetivas.

Antigamente, quando uma empresa procurava contratar um profissional baseava-se apenas em sua competência técnica, ou seja, Hard Skill.

Contudo, com a evolução tecnológica, a competência técnica deixou de ser um diferencial do profissional, passando a ser um imperativo.

Com o aprofundamento e crescimento de estudos na área de gestão de pessoas, foi comprovado que competências como inteligência emocional, empatia e comunicabilidade são fundamentais tanto para o sucesso profissional individual quanto coletivo.

Mas, afinal qual o conceito de Hard Skills?

Como dissemos anteriormente Hard Skill refere-se às competências técnicas que uma determinada pessoa pode adquirir.

Nesse sentido, podemos dizer que essas competências podem ser quantificáveis, ou seja, podem ser mensuradas de algum modo.

Em linhas gerais, essas competências técnicas podem ser adquiridas através de cursos livres, cursos de graduação e pós-graduação, treinamentos, vídeo aulas e livros.

Dessa forma, essas competências são facilmente reconhecíveis e são comprovadas através de certificações e diplomas.

Para que você entenda um pouco melhor sobre Hard Skill separamos alguns exemplos:

  • Cursos de Graduação;
  • Cursos de proficiência de língua estrangeira;
  • Especializações;
  • Pós Graduação Stricto Sensu (Mestrado e doutorado);
  • Cursos técnicos;
  • Manejo com maquinários e ferramentas;
  • Habilidades como programação.

Como você pode notar, as habilidades técnicas são facilmente identificáveis no curriculum vitae de cada pessoa, e são, grosso modo, a primeira identificação do profissional pela empresa.

Normalmente, para se determinar quais as Hard Skills mais importantes é bastante relativo, afinal, estão diretamente relacionadas com cada cargo almejado.

Por exemplo, para desempenhar uma função de programador, o que será levado em consideração é a experiência e quantos programas a pessoa já desenvolveu na área, não tendo tanta importância seu percurso acadêmico em linhas de pesquisas.

Para se ocupar um cargo de professor universitário, já é bastante valioso o seu percurso acadêmico, pois ele irá lecionar, e quanto mais conhecimento no tema tiver, melhor.

Note que esse conhecimento é fundamental para desempenhar determinada função a qual se está almejando, entretanto, não é mais o único, surgindo recentemente o conceito de soft skill.

Qual o conceito de Soft Skills?

Diferente do Hard Skills, os Soft skills são as habilidades subjetivas de cada pessoa, relacionadas com sua personalidade, caráter, crenças e valores.

Dessa forma, esses aspectos influenciarão diretamente o relacionamento dessa pessoa com os demais membros da equipe.

Sendo assim, podemos afirmar que o Soft Skill é diretamente relacionado com as relações inter-pessoais e impactará diretamente no desenvolvimento comercial como um todo.

Para exemplificar podemos dizer que os Soft Skills são:

  • Flexibilidade;
  • Resiliência;
  • Capacidade de comunicação;
  • Senso ético;
  • Paciência e tolerância para ensinar e aprender;
  • Capacidade de liderança;
  • Dinamismo;
  • Cordialidade.

Como você pode notar, nem sempre é fácil visualizar em um currículo as competências soft skill, mesmo que, já seja uma cobrança para os currículos, a observação desses comportamentos acaba sendo mais efetiva na primeira entrevista.

Nesse sentido, podemos observar que as Hard skills e Soft skills não são habilidades excludentes, muito pelo contrário, são habilidades que se complementam para que os resultados da equipe sejam mais eficientes.

Quais são os impactos dessas habilidades para o desenvolvimento comercial?

Como podemos observar tanto a hard skill quanto a soft skill impactam diretamente o desenvolvimento comercial de uma empresa.

Enquanto as habilidades técnicas fazem do profissional capaz de atender as exigências técnicas do mercado, atualizando-se constantemente, e executando o seu trabalho da melhor forma possível, as habilidades emocionais o capacitarão para o crescimento conjunto e aprimoramento da equipe.

Afinal, um profissional com boas habilidades de relacionamento inter-pessoal terá mais facilidade para se adequar dentro dos preceitos estabelecidos dentro da empresa, flexibilizando-se e atingindo resultados melhores.

Cabe, todavia, ao RH da empresa, identificar essas habilidades da pessoa no processo seletivo, através de técnicas de contratação, o que facilitará para a equipe comercial o trato com essa pessoa.

Todavia, se passar despercebido algumas questões subjetivas ao RH, cabe à própria empresa oferecer treinamentos nesse sentido, gerando reflexões íntimas em cada colaborador, fazendo com que reveja suas crenças, seus valores e sua forma de se relacionar com outras pessoas.

Existem inúmeras formas de a empresa promover isso, sendo algumas delas:

  • Educação corporativa;
  • Treinamentos e capacitações constantes;
  • Ajuda de custos para cursos na área;
  • Desenvolvimento de materiais específicos.

Dessa maneira, a empresa conseguirá aprumar tanto os hard skills quanto os soft skills de cada colaborador da equipe.

Gostou desse artigo?

Chegamos ao final desse artigo, e com ele esperamos ter deixado clara a diferença entre Hard skill e soft skill e como cada um deles pode colaborar para o crescimento da empresa.

Desse modo, desde a contratação até os treinamentos internos, é fundamental que a empresa entenda quais são tanto um quanto outro conhecimento necessário para cada cargo dentro da equipe.

Afinal, as habilidades soft skill para um vendedor direto não serão a mesma que para um programador, sendo que o primeiro obrigatoriamente deverá ser mais extrovertido que o segundo.